Cisterna Já

Cisterna Já

O Movimento Cisterna Já é uma iniciativa independente de cidadãos preocupados em aumentar a resiliência urbana diante da crise da água. Como as soluções centralizadas serão incapazes de atender toda a população no provável cenário de emergência que ocorrerá devido ao desabastecimento, essa página tem o objetivo de promover a capacitação para a captação e aproveitamento de água de chuva.

Índice

ATENÇÃOEditar

- A água coletada pela cisterna deve se destinar apenas aos usos não potáveis -- como descarga sanitária, faxina e regar plantas, por exemplo -- e pode suprir até 50% do consumo de uma residência.

- Antes de construir ou encomendar sua cisterna, leia no final dessa página as dúvidas freqüentes.

- Cisterna bem-feita tem as aberturas totalmente protegidas com telas e por isso não vira criadouro de mosquito!

Manual de instalaçãoEditar

Existem sistemas de captação de água de chuva muito simples e de baixo custo. Para começar sugerimos o projeto da minicisterna, desenvolvido por Edison Urbano. Encaramos a minicisterna como um primeiro passo para compreender os cuidados e princípios básicos para ter água de chuva de boa qualidade armazenada para uso não-potável. A partir daí é possível avançar para cisternas com maior volume de armazenamento, para que seu sistema possa ter um impacto mais efetivo no seu dia-a-dia, reduzindo consideravelmente o consumo de água potável para fins não-potáveis em sua casa ou prédio.

Para aprender a montar sua minicisterna, assista aqui o vídeo onde ele ensina passo-a-passo como se faz [1]

IMPORTANTE: A tecnologia da Minicisterna foi desenvolvida com base nas normas técnicas da ABNT. Qualquer alteração em seus componentes pode afetar a eficiência do sistema e comprometer seriamente a qualidade da água armazenada.

Aqui o manual da Minicisterna => lhttp://www.sempresustentavel.com.br/hidrica/minicisterna/minicisterna.htm

Oficinas, cursos e mutirõesEditar

"15 de maio" - Demonstração da montagem de uma minicisterna e diálogo sobre captação de água de chuva na programação do Viva a Mata da SOS Mata Atlântica. Botânico do Rio de Janeiro, 16h. http://www.sosma.org.br/projeto/viva-a-mata/viva-mata-2015/ .

23 e 24 de maio - Curso de aproveitamento de água da chuva e montagem de uma minicisterna na Morada da Floresta. Das 9:00 às 18:00 hs. Rua Diogo do Couto, 47 - Jardim Bonfiglioli, São Paulo. Informações aqui [2]

Onde encontrar bombonas em São PauloEditar

  • Bombonas reutilizadas – Azeitonas e óleos vegetais costumam ser transportados em grandes bombonas antes de receberem a embalagem que vai para o consumidor final. E os rpientes muitas vezes são descartados. Você pode construir sua cisterna usando essas bombonas, mas é preciso se certificar de que transportaram alimentos e não produtos contaminantes. As melhores são azuis, pois só estas bloqueiam toda a luminosidade externa. O tamanho ideal é a partir de 200 litros. Procure sucateiros de bombona, mercados municipais, supermercados atacadistas, bancas de feiras livres que vendem azeitonas e casas de frios que ainda resistem nos bairros. Os preços podem variar muito, mas na média estão entre R$ 100 e R$ 250,00. É possível até ganhar o reservatório do comerciant
  • Trevo Tambores
  • Mercantil Santa Paula: bombonas de azeitona a venda. R. da Alfândega, 415 - Brás - São Paulo/SP - fone (11) 3326-2888.
  • bombonas novas de 200 litros tampa de rosca preta "a pronta entrega"- Vila Prudente - Cel: 11 98309 0540 Nextel ou 97436 1131 vivo - ale_graf@ig.com.br
  • Lar dos Tambores
  • Comércio de Tambores Picillo - Rua Capitão Pacheco Chaves, 723 - Vila Prudente - SP - fone: (11) 2915-0555 - www.picillo.com.br
  • Kelly Sucatas - Rua Prof. Abraão de Moraes, 2060 - Saúde - SP - fone: (11) 2276-8797
  • Jaspe - Av. Marechal Tito, 6500 - Jd. das Oliveiras - Itaim Paulista - SP - fone: (11) 2963-2552
  • SOL BOMBONAS - Av. morvan dias de figueiredo, 6535 - Pq novo mundo (11) 29550003
  • Picillo - (11) 2272-9388 - http://www.picillo.com.br/

Instaladores/FacilitadoresEditar

O Movimento Cisterna Já é totalmente colaborativo e horizontal. Foi criado para ensinar as pessoas a fazerem suas próprias cisternas. No entanto, como nem todos têm tempo ou habilidade para construi-las, surgiu o interesse em contratar "cisterneiros". Abaixo estão algumas pessoas e empresas que oferecem serviços de construção e instalação de cisternas e tiveram a iniciativa de se colocar na lista. Se você está atuando como cisterneiro e deseja incluir seus contatos aqui, fique à vontade. Para quem pretende contratar profissionais a sugestão é avaliar as referências antecipadamente. No Movimento Cisterna Já não existem "diretores" ou "responsáveis" que possam validar o serviço alheio.  

Nome Contatos

Faz projeto com obras civis

Oferece cursos

Regiões atendidas

Edison Urbano 11-959963941 ediurb@sempresustentavel.com.br

http://www.sempresustentavel.com.br

https://www.facebook.com/edison.urbano

Sim Todas
Permacultores Urbanos 11-98228-4474 (Vinicius)

permaculturaurbanasp@gmail.com

/permacultoresurbanos

http://permacultoresurbanos.com

Sim Sim São Paulo (com possibilidade de atender projetos específicos e sobretudo cursos em outras cidades)
Aquapônica 11 964176448

claudio@aquaponica.com.br

/claudio.alfaro.9

www.aquaponica.com.br

Sim Sim São Paulo (sobretudo Zona Leste), litoral e interior
Revoluindo - Soluções Socioambientais (11) 99850-7732 (vivo)

(11) 95916-7492 (tim)

revoluindo.socioambiental@gmail.com

/revoluir

sim Sim São Paulo (zona oeste), outros locais a avaliar
PermaRio 21 996974484

permario.contato@gmail.com

/permario7

permario.org

Rio de Janeiro
Leonardo Tannous

Construindo Sustentabilidade

(11) 97996.1122

contato@leotannous.com.br

www.leotannous.com.br

Sim Sim Brasil e América Latina
Rafael Xavier (31)9748-8545

guardachuvabh@gmail.com

www.facebook.com/guardachuvabh

www.facebook.com/gerasolbh

www.gerasolbh.com.br

Sim SIm Belo Horizonte
GreenTent (012)991443386 greentent.vale@gmail.com Sim Sim Vale do Paraiba:Jacareí/São José dos Campos/Taubaté/Pindamonhangaba
Diogo Menezes (11) 951296305

Mege Construções e Soluções Sustentaveis

https://www.facebook.com/diogomege

sim sim São Paulo Capital e Grande São Paulo
Thiago Freitas www.feitosdefreitas.com

(011) 97079-9009

Sim Sim São Paulo (com possibilidade de atender em outras cidades)
Andre Matsumoto laboratorioandre@bol.com.br 19-32558856 sim não campinas(envio para outras cidades/estados)
Iniciativa Sustentável iniciativasustentavel2015@gmail.com

11 3938-8816 falar com Fernando

11 3854-4652 falar com Yurê

www.facebook.com/iniciativasustentavel

Sim Sim Brasil com ênfase em São Paulo
PROJETA Ambiental Jr. (49) 3289-9319

projetaambientaljr@gmail.com https://www.facebook.com/profile.php?id=100008012255881&fref=ts http://projetaambientaljr.wix.com/projetaambientaljr

Região Serrana de Santa Catarina
Leonardo Varallo

Pedro Bruschi

(11) 97395-6490 - Leonardo Sim Região metropolitana de São Paulo
Recicle Água (11) 5011-7939 ou (11) 98899-0743

www.recicleagua.com.br

reciclesuaagua@gmail.com

SIM SIM São Paulo (Capital) e ABCD (Grande São Paulo)
Casológica www.casologica.com.br

www.facebook.com/casologica

contato@casologica.com.br

Fixo: (11) 2351-8759

Celular: (11) 94585-2606

Sim Sim São Paulo: Capital, Grande São Paulo, Interior e Litoral.
RJ Ambiental contato@rjambiental.com.br

(22) 99721-1208

www.facebook.com/rjambiental

Sim Sim Macaé, Norte Fluminense e Região dos Lagos.
Kamon Soluções Ambientais www.kamonsolucoes.com.br

contato@kamonsolucoes.com.br

(11) 2371 4618 / 98166 5966 - Guilherme

Sim Sim São Paulo: Capital, litoral e interior.
H2O Company www.h2ocompany.com.br

claudio.bicudo@h2ocompany.com.br

Sim Sim São Paulo - Capital
Guarda Chuva Luis Filipe Pena

(31) 9-8898-5729

fhttps://www.fb.com/Coletor-de-Chuva-897220260362272/

http://www.coletordechuva.com.br/

Sim Não Belo Horizonte e Grande BH (Contagem, Betim etc)

Referências e reportagensEditar

  • O que é uma Cisterna? Na Wikipédia: Cisterna
  • Projeto quer incentivar construção de cisternas em São Paulo [1]
  • Como fazer uma minicisterna, Consumo com Atitude no YouTube [3]
  • Lançamento do Movimento Cisterna Já no encontro da Aliança Pela Água [4]
  • Bom dia SP, Alianca pela Agua, e #cisternaja [5]
  • Movimento Cisterna Já na Rádio Brasil Atual [6]
  • Catraca Livre apresenta o Movimento Cisterna Já [7]
  • Cisterna: Você ainda vai ter uma - Sustentável na Prática [8]
  • Cisterna doméstica e comunitária na reportagem da TV Bandeirantes [9]
  • Teresinha e Juvenal da Silva construiram sozinhos sua cisterna. [10]
  • No Vírgula o Edison Urbano explica como fazer [11]
  • Passo-a-passo no UOL: Edison Urbano explica como montar uma minicisterna [12]
  • Reportagem Rede TV (10/12/2014) [13]
  • Cuidados no aproveitamento de água de chuva [15]
  • "Paulistanos se preparam para a seca", artigo no Deutsch Welle (04/Fev/2015)
  • "Paulistanos usam cisternas caseiras para água da chuva; saiba como fazer" Folha de São Paulo (08/Fev/2015)
  • "Saiba o que pode e o que não pode ser feito com água de chuva", reportagem no Jornal da Globo (17/Mar/2015)
  • "Cisternas: solução contra falta da Água", reportagem no portal Namu (16/Abr/2015)

Quem já tem (galeria de fotos, vídeos e depoimentos)Editar

FAQ - Perguntas FrequentesEditar

1. A cisterna não vai atrair o mosquito da dengue?

Não. É importantíssimo que o filtro de folhas seja bem-feito porque, além de retirar fragmentos, ele impede a entrada de insetos na cisterna. E a saída de água (ladrão) também deve ser fechada com tela. Observem bem as orientações do manual. Se a cisterna não estiver bem vedada, interrompa o uso até que o reparo seja feito. 

2. Que usos pode-se fazer da água de chuva? Posso beber água da chuva?

A legislação vigente em nosso país restringe o uso de água de chuva aos usos não-potáveis em áreas atendidas por abastecimento público. Quer dizer, se sua residência é abastecida por uma concessionária (SABESP, por exemplo), autarquia (SAAE Guarulhos), ou orgão municipal, a água de chuva pode ser usada apenas para fins não-potáveis, onde não há contato direto, ou ingestão, ou seja, nestes casos, não é permitido beber água de chuva.

3. Quais são os usos não-potáveis de água de uma residência?

Uso para descarga em vasos sanitários, limpeza de áreas externas, rega de plantas, e uso em máquina de lavar (mediante tratamento específico).

4. Por quê é preciso tratar água de chuva para uso na máquina de lavar?

A água de chuva coletada em telhados pode estar contaminada por patógenos (organismos causadores de doenças) transmitidos principalmente pelas fezes de pombos. Dentre os mais conhecidos está o protozoário Cryptosporidium parvum, que não é removido com a simples aplicação do cloro, e que pode causar diarréias agudas, principalmente em crianças e adultos com baixa imunidade.

5. Como é o tratamento da água de chuva para uso na máquina de lavar?

Segundo a norma brasileira de aproveitamento de água de chuva (NBR 15527/07) a água deve ser tratada por filtro lento de areia, ou deve passar por aplicação em lâmpadas UV.

6. Dá para lavar louça com água de chuva?

Tecnicamente é possível, mas a legislação vigente no país (veja resposta à pergunta 1) impõe o uso de água de chuva em áreas atendidas por abastecimento público apenas para fins não-potáveis.

7. Piorou muito a qualidade da água que está vindo do abastecimento. Será que não é melhor ferver a água da cisterna e beber?

A fervura não remove metais pesados, muito presentes na água de chuva das grandes cidades. Alguns estudos apontam que a qualidade da água captada em telhados próximos a grandes vias de trânsito é muito pior do que distante delas, isso porque há uma deposição de poeira atmosférica que é naturalmente lavada com a água de chuva, daí a razão de se fazer o descarte da primeira água, como sugerido nos manuais. De toda forma, a melhor qualidade de água é alcançada com a adoção das melhores práticas sugeridas nos manuais, seguidas pela filtragem em filtro lento de areia e posterior desinfecção, por fervura, aplicação de cloro, uso de lâmpadas UV, ou outro método de desinfecção. Sugerimos que a água de chuva seja ingerida somente nas cidades ou localidades em que não haja abastecimento público de água.

8. Posso dar a água da cisterna para meu cachorro beber?

Desde que sejam adotadas as melhores práticas,

9. Afinal, quais são as melhores práticas para a captação e aproveitamento de água de chuva?

Filtro preliminar para descarte de folhas, descarte da primeira água, entrada de água pelo fundo da cisterna, e proteção da insolação direta. A desinfecção é exigida pela norma brasileira (NBR 15.527/07), e fundamental para quem deseja manter a água reservada por longos períodos de tempo, ou usar para fins mais nobres, como na máquina de lavar roupa.

10. Há mesmo a necessidade de filtros e descarte da primeira água que cai para utilizá-la para lavar o chão e o carro e molhar plantas ?

A água da chuva que cai no telhado não é limpa, contém matéria orgânica que se decompõe, logo apodrece, e deixa a água no mínimo mal cheirosa. Além disso, há risco de contaminação por patógenos que se alimentam da matéria orgânica contida na água, ou que estão presentes nas fezes dos pássaros, ratos e outros animais. Não corra risco à toa! A filtragem é um procedimento simples e garante o uso seguro da água.

11. Quanta água devo descartar?

Idealmente, pelo menos 1 litro de água por metro quadrado de telhado. Se o telhado receber muitas folhas de árvores, ou se for uma laje plana de concreto sugere-se o descarte de 2 litros de água por metro quadrado.

12. É possível captar água de chuva a partir de lonas?

Sim, mas as lonas de baixa qualidade, quando expostas à insolação direta tendem a se degradar e liberar compostos químicos na água. Assegure-se de usar esta água somente para uso não-potável, em todos os casos.

13. Tem problema a cisterna pegar sol?

Menor insolação quer dizer menor aumento da temperatura, e dai condições menos apropriadas para o desenvolvimento de coliformes termotolerantes, além do próprio crescimento de algas na água. Proteja com trepadeiras, com tecidos, com o que puder. E isso vale para cisternas de 200 a 200.000 litros!

13. A cisterna tem que obrigatoriamente ter um ladrão (cano para dispensar o excedente)?

Sim. Quando não existe esse cano, deixa de haver o aviso automático de que a bombona está cheia. Além disso, essa tubulação pode servir para conectar outras bombonas, e assim coletar toda a água da chuva precipitada e escoada pelo telhado.

14. A minicisterna precisa ficar sobre um suporte?

Não é necessário, mas se quiser instalar uma torneira na base da minicisterna o suporte a eleva, permitindo que a água seja coletada pela torneira com um balde, ou de forma que haja pressão suficiente para usar essa água através de uma mangueira.

15 . Que altura deve ter o suporte?

Quanto mais alto o suporte maior a pressão, porém, menor a possibilidade de acessar o interior da minicisterna para fazer eventuais limpezas e manutencoes. A altura cabe ao usuario, mas geralmente algo em torno de 0,50m é o minimo recomendado.

16. É possível interligar mais de uma minicisterna?

Sim, pode-se conectar quantas minicisternas quiserem, desde que haja espaço para isso.

. Quanto tempo a água pode ficar armazenada em uma cisterna?

Desde que sejam observadas as melhores praticas (veja resposta 8), o armazenamento é indefinido.

17. Qual o melhor tipo de material para cisterna?

Inox é um material muito nobre e que não oferece risco de contaminação de especie alguma, mas é extremamente caro. E' possível encontrar caixas de inox usadas a venda em lojas de materiais de demolição, e mesmo no Mercado Livre.

18. De quanto em quanto tempo a bombona deve ser limpa?

Idealmente em torno de ano em ano, mas pode-se abrir a minicisterna e conferir de tempos em tempos.

19 . Que cuidados devo ter com minha minicisterna, ou com minha cisterna, com relacao ao mosquito da dengue?

Os mesmos cuidados que se tem com uma caixa d'agua: deve estar tampado todo o tempo. Se sua minicisterna não tem tampa use uma tela de mosquiteiro. Inspecione sua cisterna de tempos em tempos para ter certeza de que ela não vire um criatório de mosquitos.

20 . Tenho minicisternas em bombonas e quero pintar para deixa-las mais bonitas. Que tipo de tinta se usa para pintar as bombonas?

Use tinta látex ou tinta acrílica para dar o fundo na bombona. Depois pode usar qualquer tinta por cima.

21 - Onde compro o Filtro de água de chuva e o Ponto do separador de agua em Belo Horizonte?