Introdução às Linguagens de Programação/C e C++: diferenças entre revisões

m
+1a correção geral
Sem resumo de edição
m (+1a correção geral)
{{Navegação2|[[Introdução às Linguagens de Programação/Assembly|Assembly]]|[[Introdução às Linguagens de Programação/COBOL|COBOL]]}}
 
='''[[w:C|C]]'''=
 
=='''Introdução'''==
[[File:C plus plus.svg|thumb|left|200px|]]
[[File:Logo C.jpg|thumb|Logo Linguagem de programação C]]
[[Imagem:Ken_n_dennis.jpg|thumb|right|200px|Kenneth Thompson e Dennis Ritchie (da esquerda para direita), os criadores das linguagens B e C, respectivamente]]
[[File:Simples programa em C.jpg|thumb|Programa que exibe uma mensagem na tela]]
A linguagem "C" foi criada entre 1969 e 1973 no AT&T Bell Labs, inicialmente desenvolvido para a implementação do sistema Unix (que originalmente foi escrito em PDP-7 Assembly, por Dennis Ritchie e Kenneth Thompson). No final da década de 70 o UNIX saiu do laboratório e passou a ser disponibilizado para as Universidades, que por sinal foi um grande sucesso na época favorecendo então a popularidade da linguagem de programação C. Vale ressaltar que este foi um dos primeiros núcleos de sistema operativo que foi implementado numa linguagem sem ser o Assembly, sendo exemplos anteriores o sistema multics (escrito em PL/I) e tripos (escrito em BCPL).
 
 
Não se sabe ao certo o que deu origem ao nome "C", existem duas teorias a respeito:
 
 
A primeira teoria acredita que se deu o nome "C" à linguagem porque muitas das suas características derivaram de uma linguagem de programação anterior chamada "B" e "C" é a letra conseguinte no alfabeto. A segunda teoria se baseia no fato que "C" é a segunda letra do nome da linguagem BCPL, da qual se derivou a linguagem B.
 
 
Desde então, espalhou-se por muitos outros sistemas em plena operação, e tornou-se uma das linguagens de programação mais usadas. C tem como ponto forte, a sua eficiência, e é a linguagem de programação preferida para o desenvolvimento de sistemas e softwares de base, apesar de também ser usada para desenvolver programas de computador. É também muito usada no ensino de ciências da computação, mesmo não tendo sido projetada para estudantes e apresentando algumas dificuldades no seu uso. Outra característica importante de C é sua proximidade do código de máquina, que permite que um projetista seja capaz de fazer algumas previsões de como o software irá se comportar, ao ser executado.
* Refatoração (''refactoring'') - consiste na melhoria constante do código-fonte do software, seja na construção de código mais otimizado, mais limpo e/ou com melhor entendimento pelos envolvidos no desenvolvimento do software. A refatoração, em conjunto com os testes automatizados, é uma poderosa ferramenta no processo de erradicação de "bugs", tendo em vista que os testes "garantem" o mesmo comportamento externo do software ou da característica sendo reconstruída.
 
Tradução para o Inglês:
 
Introduction
Logo programming language C
Kenneth Thompson and Dennis Ritchie (left to right), the creators of the languages ​​B and C, respectively
Program that displays a message on the screen "C" was created between 1969 and 1973 at AT & T Bell Labs, initially developed for the implementation of the Unix system (which was originally written in PDP-7 assembly, by Dennis Ritchie and Ken Thompson). In the late 70 UNIX left the lab and is now available for universities, which by the way was a great success at the time favoring then the popularity of the programming language C. It is worth noting that this was one of the core operating system that was implemented in a language other than the Assembly, earlier instances being the Multics system (written in PL / I) and tripos (written in BCPL).
 
 
No one knows for sure what led to the name "C", there are two theories about this:
 
 
The first theory believe that if given the name "C" language because many of its features were derived from a previous programming language called "B" and "C" is therefore the letter in the alphabet. The second theory is based on the fact that "C" is the second letter of the language BCPL, which is derived from the language B.
 
 
Since then, spread to many other systems in full operation, and became one of the most widely used programming languages. C has a strong point, its efficiency, and is the preferred programming language for developing systems and software-based, although it is also used to develop computer programs. It is also widely used in teaching computer science, even if not designed for students and presenting some difficulties in its use. Another important feature of C is its proximity to the machine code, which allows a designer to be able to make some predictions on how the software will behave, when it runs.
 
 
Many programming languages ​​have been influenced by C, including C + +, which in turn was one of the inspirations for Java. The C language allows the creation of spreadsheets, operating systems, communication programs, programs for the solution of engineering problems, among others.
 
 
The most current version of "C" is the "C99" created in 1999, even though the newer version, C99 is not the version used, despite the various GCC and other compilers to bear much of the new features of C99, the compilers maintained by Microsoft and Borland C99 support very few resources, and these two companies do not seem very interested in adding such features, completely ignoring international standards. Microsoft prefers to give more emphasis to C + +.
 
Tradução para o Espanhol:
 
Introducción
Logo del lenguaje de programación C
Kenneth Thompson y Dennis Ritchie (de izquierda a derecha), los creadores de las lenguas B y C, respectivamente
Programa que muestra un mensaje en la pantalla de "C" fue creada entre 1969 y 1973 en el AT & T Bell, inicialmente desarrollado para la aplicación del sistema Unix (que fue escrito originalmente en PDP-7 de la Asamblea, por Dennis Ritchie y Ken Thompson). A finales de los 70 UNIX dejó el laboratorio y ahora está disponible para las universidades, que por cierto fue un gran éxito en el momento favorece entonces la popularidad del lenguaje de programación C Vale la pena señalar que este fue uno de los núcleo del sistema operativo que se llevó a cabo en un idioma que no sea la Asamblea, los casos anteriores es el sistema de Multics (escrito en PL / I) y el examen final (escrito en BCPL).
 
 
Nadie sabe a ciencia cierta lo que dio lugar al nombre "C", existen dos teorías sobre esto:
 
 
La primera teoría creen que si se le da el nombre de lenguaje "C" porque muchas de sus características se derivan de un lenguaje de programación anterior llamado "B" y "C" es por lo tanto, la letra en el alfabeto. La segunda teoría se basa en el hecho de que "C" es la segunda letra de la lengua BCPL, que se deriva de la lengua B.
 
 
A partir de entonces, se extendió a otros muchos sistemas en pleno funcionamiento, y fue uno de los lenguajes de programación más utilizados. C tiene un punto fuerte, su eficacia, y es el lenguaje de programación preferido para el desarrollo de sistemas y base de software, aunque también se utiliza para desarrollar los programas de ordenador. También es ampliamente utilizado en la enseñanza de ciencias de la computación, incluso si no está diseñado para los estudiantes y presentar algunas dificultades en su uso. Otra característica importante de C es su proximidad al código máquina, que permite a un diseñador para poder hacer algunas predicciones sobre cómo el software se comporta, cuando se ejecuta.
 
 
Muchos lenguajes de programación han sido influenciados por C, incluyendo C + +, que a su vez fue una de las inspiraciones para Java. El lenguaje C permite la creación de hojas de cálculo, sistemas operativos, programas de comunicación, los programas para la solución de problemas de ingeniería entre otros.
 
 
La versión más actual de "C" es el "C99", creado en 1999, aunque la versión más reciente, C99 no es la versión utilizada, a pesar de los diversos GCC y otros compiladores que soportan gran parte de las nuevas características de C99, los compiladores mantenido por Microsoft y Borland apoyo C99 muy pocos recursos, y estas dos empresas no parecen muy interesados ​​en la adición de características tales, ignorando por completo los estándares internacionales. Microsoft prefiere dar más énfasis a C + +.
 
=='''Instalação'''==
 
=='''Características do C'''==
[[Imagem:C++Stopwatch.png|thumb|right|200px| Descrição 1 Um cronômetro com sobreposto o texto "C + +". Propõe-se a ser]]
 
Entre as principais características do C, podemos citar:
 
=='''Vantagens'''==
 
[[Imagem:C++ Book Cover.png |thumb|right|200px| Cubra descrição para C + + Programação Wikibook | Foto Fonte Trabalhos para a Própria / GFDL]]
* É uma linguagem simples que nos permite trabalhar com funções matemáticas, ficheiros, entre outras sendo necessário para tal a inclusão de bibliotecas padrão as quais já vêem com a linguagem;
* Os programas criados em C em termos de segurança não são muito seguros uma vez que o código é escrito de uma forma seqüencial (pode-se facilmente incluir uma instrução no nosso código do programa e tornar o resultado final completamente diferente);
* Não possui coleta automática de lixo (se durante o programa uma variável declarada não for mais usada ao longo do programa a linguagem não tem capacidade para eliminá-la continuando esta a ocupar espaço indevidamente em memória);
* Não faz uso de classes ou objetos (como no JAVA e C++);
* Multithreading (a linguagem C não permite a execução de várias tarefas em simultâneo);
* Networking (é uma linguagem que inicialmente não foi pensada para redes).
=='''Conclusão'''==
 
A linguagem C foi criada com o objectivoobjetivo principal em mente: facilitar a criação de programas extensos com menos erros, recorrendo ao paradigma da programação algorítmica ou procedimental, mas sobrecarregando menos o autor do compilador, cujo trabalho complica-se ao ter de realizar as características complexas da linguagem.
 
Apesar da lista de características úteis que C possui não ser longa, isso não tem sido um impedimento à sua aceitação, pois isso permite que novos compiladores de C sejam escritos rapidamente para novas plataformas, e também permite que o programador permaneça sempre em controle do que o programa está a fazer. Isto é o que por várias vezes permite o código de C correr de uma forma mais eficiente que muitas outras linguagens.
 
=[[w:C++|'''C++''']]=
 
=='''Introdução'''==
[[Imagem:BjarneStroustrup.jpg|thumb|right|200px|Bjarne Stroustrup, criador da linguagem C++]]
[[File:C++.jpg|thumb|Logo sobre a linguagem de programação C++]]
 
No mundo da programação nós podemos classificar as linguagens de duas maneiras: Linguagem de Baixo Nível e Linguagem de Alto Nível. Quando nos referimos à linguagem de Baixo Nível estamos nos referindo a sintaxes próximas ao código de maquina, ou seja, a linguagem que o computador consegue facilmente interpretar. Em contrapartida a definição de linguagem de Baixo Nível nós encontramos as linguagem de Alto Nível, com relação a esse tipo de linguagem podemos afirmar que a mesma possui uma sintaxe próxima à linguagem humana um exemplo desse tipo de linguagem é o próprio C/C++, ente outras.
 
 
Um fator extremamente importante para as pessoas que estão conhecendo a linguagem de programação C++ é afirmar que é mesma é Case''case Sensitivesensitive'', ou seja, ao programar nesse tipo linguagem as pessoas devem tomar muito cuidado ao declarar variáveis ou fazer o uso de determinados métodos, pois ao se declarar uma variável chamada conta e outra chamada cONta (note as letras maiúsculas), nesse caso o compilador entenderá que isso são variáveis distintas e provavelmente ocorrera algo completamente diferente do resultado esperado. O mesmo vale ressaltar sobre o uso da estrutura de seleção if (se) e else (senao), a declaração das mesmas devem ser sempre minúsculas, caso o programador defina as mesmas com letras maiúsculas o compilador entenderá que a declaração corresponde a uma variável.
 
 
 
=='''Ambiente da linguagem'''==
 
[[Imagem:STS-61-c-patch.png|thumb|right|200px| ciência. ksc. nasa. missões / Logos patch de missões STS Categoria]]
 
O C++ pode ser chamado de linguagem compilada, ou seja, além de escrever o código, é necessário um outro software que possa entender esse código e traduzí-lo para uma sintaxe que o computador possa interpretar denominado Código de Máquina.
 
É necessarionecessário um editor de texto puro (como o Bloco de Notas) e um compilador para o desenvolvimento de aplicativos na linguagem C++, nesse caso quando o programador digitar o código-fonte o mesmo deve ser salvo com a extensão .CPP ao invés de .TXT, em seguida o índividuo deve abrir o prompt digitar o comando de compilação do compilador instalado (por exemplo no compilador Borland C++Builder 3.0 o respectivo comando de compilação é bcc32) seguido pelo nome do arquivo salvo.CPP, ou então o programador pode optar por utilizar um Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE - Integrated Development Environment) para otimizar o desenvolvimento de suas aplicações.
 
É necessario um editor de texto puro e um compilador para o desenvolvimento de aplicativos na linguagem C++, nesse caso quando o programador digitar o código-fonte o mesmo deve ser salvo com a extensão .CPP ao invés de .TXT, em seguida o índividuo deve abrir o prompt digitar o comando de compilação do compilador instalado (por exemplo no compilador Borland C++Builder 3.0 o respectivo comando de compilação é bcc32) seguido pelo nome do arquivo salvo.CPP, ou então o programador pode optar por utilizar um Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE - Integrated Development Environment) para otimizar o desenvolvimento de suas aplicações.
 
 
 
C++ pode ser visto como uma linguagem procedimental tradicional com alguns construtores adicionais. Começando pelo C, alguns construtores para programação orientada a objetos e para melhorar a sintaxe procedimental foram acrescentados.
 
Um programa bem escrito em C++ irá refletir elementos tanto do estilo de programação orientada a objetos como programação procedimental clássica. Isto porque o C++ é na verdade uma linguagem extensível já que podemos definir novos tipos de tal maneira que eles agem de mesmo modo que os tipos pré-definidos que fazem parte da linguagem padrão.
 
 
Abaixo estão listados itens que caracterizam a linguagem C++:
3 301

edições