Parque do Conhecimento

O Parque do Conhecimento é uma ação de extensão continuada da Universidade Estadual de Santa Cruz, composta por elementos de extensão universitária, ensino e pesquisa, enfatizando principalmente a extensão. Tem o objetivo de criar um Parque do Conhecimento que viabilize a realização de experimentos, jogos, demonstrações e brincadeiras envolvendo aspectos diversos do conhecimento cientifico.

Parque do Conhecimento da UESC
Preparação para o lançamento de foguete de garrafa PET em oficina realizada no Colégio Estadual do Salobrinho.

O Parque do Conhecimento realiza exposições abertas ao público, visitas agendadas pelas escolas, treinamento de professores, pesquisas em formação de atitudes científicas e construção de conceitos, pesquisa para elaboração de novos experimentos e como espaço para experiências pedagógicas e iniciação científica para estudantes das licenciaturas da UESC. As atividades poderão ser realizadas de modo presencial ou online, através de plataformas de transmissão ao vivo disponíveis em redes sociais como Instagram e Facebook ou aplicativos de videoconferência como Zoom, Skype e Google Meet.

OficinasEditar

As oficinas buscam por meio da construção de modelos didáticos, reproduzir, embora que de modo rudimentar os processos necessários ao desenvolvimento de um protótipo experimental para uma pesquisa cientifica nas áreas de engenharia e física experimental.

Busca-se também, a realização de uma autoavaliação de modo a permitir ao público realizar alterações pertinentes na metodologia tornando o processo responsivo e eficiente. 

Alcance da ações de extensão em 2019Editar

O Parque do Conhecimento junto com o Caminhão com Ciência conseguiu atingir um público expressivo no ano de 2019. Estima-se um alcance significativo de pessoas de diferentes faixas etárias, com o registro de 1738 alunos, segundo os dados das escolas, nos 11 municípios em que foram realizadas as exposições do Caminhão com Ciência, nos finais de semana. A maioria desses municípios estão localizados no sul da Bahia, como Itapitanga, São João do Panelinha, Almadina, Ilhéus, Itabuna, Inema, Taperoá, Orojó, Itajuípe. Jequié no sudoeste e Eunápolis no extremo Sul. É importante destacar também a presença de 3412 pessoas na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, evento este realizado em três dias nas cidades de Ilhéus e Itabuna em setembro do mesmo ano.

GaleriaEditar

Site oficialEditar

https://pdconhecimento.wixsite.com/meusite-1