Abrir menu principal

Laboratório de Jornalismo Multimídia

Amy Guth and Scott Kleinberg talk w Jenniffer Weigel on election night (8167791417).jpg

Bem-vindas/os à disciplina "Laboratório de Jornalismo Multimídia" para estudantes de Jornalismo da Faculdade Cásper Líbero.

Professor responsável: João Alexandre Peschanski

Ano letivo: 2019

Contato: japeschanski {arroba} casperlibero.edu.br

Introdução

Nota introdutória sobre probidade acadêmicaEditar

A graduação na Faculdade Cásper Líbero fundamenta-se na excelência do ensino, com sólida formação ética e humanística. Probidade e responsabilidade são pré-requisitos para a satisfatória realização dessa missão fundamental. A probidade acadêmica no sentido da excelência do ensino requer que docentes e discentes respeitem mutuamente seu trabalho e reconheçam a importância de garantir a integridade ético-legal da atividade acadêmica. Como membros de uma comunidade, docentes e discentes assumem responsabilidades, em especial a da comunicação honesta e a da construção baseada em confiança. Violações dos preceitos da probidade acadêmica incluem, de maneira não exaustiva: o uso não autorizado de material (anotações, textos, recursos tecnológicos) durante provas e exames; a obtenção de uma avaliação antes de sua realização; o aproveitamento indevido de ideias, conceitos ou frases de outro autor, que as formulou e publicou, sem lhe dar o devido crédito, sem citá-lo como fonte de pesquisa, o que configura plágio acadêmico; a participação em ações que contribuam a violações dos preceitos da probidade acadêmica por parte de outro aluno; a falsificação de dados, conteúdo e documentos. A referência ao plágio acadêmico, aqui, provém da cartilha “Nem tudo que parece é: entenda o que é plágio”, da Universidade Federal Fluminense; recomenda-se vivamente a leitura dessa cartilha.

Não serão toleradas quaisquer formas de discriminação e cerceamento de liberdade de opinião, de acordo com os fundamentos ético-legais de nossa comunidade.

Plano de aprendizagemEditar

EmentaEditar

O que é jornalismo multimidiático. A prática do jornalismo em plataformas digitais e móveis. Comunicação em novos suportes e formatos. Como criar coberturas, matérias e reportagens para o jornalismo multimídia. Bases de dados, comunicação computacional. Licenças abertas e fechadas. Otimização de impacto e redes sociais como difusores de informações de interesse público e de interesse do público. Estudar a organização do blog como produto jornalístico e demais redes sociais como produtoras de conteúdo.

LinkEditar

Documento completo

Plano de aulaEditar

A disciplina organiza-se a partir de atividades práticas, controladas a partir desta página na Wikiversidade. São obrigatórias:

  • a criação de uma conta nos projetos Wikimedia: [2] (a conta para a Wikiversidade é a mesma para os outros projetos Wikimedia, incluindo a Wikipédia)
  • a inscrição na plataforma de controle Dashboard: [3]
  • a inserção de informações requeridas na lista de trabalho: [3]

Organização das aulasEditar

  • Otimização do site: um plano
  1. Configurações da página
    1. Geral: título, descrição e idioma
    2. Leitura: ativar posts recentes, ativar visibilidade, ativar posts relacionados, personalizar configurações de assinantes
    3. Compartilhamento: personalizar para redes de interesse
  2. Plug-in YOAST
    1. Entrar num post e verificar mudanças que surgem na página de administração com plug-in instalado
    2. Editar snippet (pé do post)
    3. Inserir palavra-chave
    4. Melhorar de maneira adequada o post a partir de avaliação de SEO
    5. Fazer o mesmo processo para outros posts publicados e para novos posts
  3. Plug-in YOAST 2
    1. Configurar seu site pelo Yoast SEO Configuration Wizard. Realizar os 12 passos de configuração.
  4. Plug-in YOAST 3 + Analytics
    1. No Yoast, entre na última postagem e ajuste seu título SEO, o slug da URL e a meta-descrição
      1. Clique em "Editar o snippet" e faça um título com no máximo 45 caracteres! Se fizer mais do que isso os buscadores vão encurtar seu título de modo automático, normalmente ruim.
      2. Slug é o sufixo de seu site para a postagem específica. Faça algo curto, usando os termos centrais de seu título. Exemplo: aula-jornalismo-multimídia (às vezes, o que aparece automaticamente já está bom, no WordPress).
      3. A meta-descrição traz as linhas abaixo do título quando você busca algo na internet. Faça um texto com a ideia central de seu post, em até 150 caracteres. Seja claro e use palavras-chave.
      4. Ao lado do snippet, há um botão com o símbolo de compartilhamento, configure sua postagem para como ela deve aparecer no Facebook.
    2. Baixe o Google Analytics Dashboard (busque nas opções de plug-in a baixar no seu Word Press). Navegue pelos dados que te oferece.
  • Indexação do site
  1. Testes de qualidade
    1. Teste de uso amigável em celular
    2. Inserção manual no Raspador do Google
  2. Redes sociais
    1. Vamos criar três redes sociais pelo menos para seu blog e conectá-las ao site. Escolha livre -- mas recomendo que o Facebook seja uma delas.

## Realizar/agendas postagens em sua rede social de preferência.
## Para publicar matérias de seu site no Facebook, se der erro use um encurtador de link, como https://bitly.com/. Daí, coloque em destaque uma imagem. Se não der erro, faça diretamente!

  1. Personalização (na maior parte dos temas, na aba Apresentação)
    1. Redigir o sobre você, se no tema houver espaço para isso.
    2. Inserir a licença de seu site: tem de escolher entre copyright ou creative commons.
  2. Fotografia
    1. Para quem tirou fotos próprias para o site, avaliar colocar essas fotos também no Wikimedia Commons. Avise-me!
Verifique que seu endereço de blog está atualizado na Tabela: Laboratório de Jornalismo Multimídia/Tabela

Pauta multimídiaEditar

A multimídia deve ser colocada a serviço de seu jornalismo. No decorrer do ano, vocês investiram no seu estilo, na sua perspectiva, no seu espaço. Aos poucos, com isso, conquistaram uma linha de atuação e uma vitrine para o que os distinguem de outros profissionais. Agora, com esse acúmulo, vamos investir em uma pauta mais longa, com mais ambição de mídia.

A expectativa dessa pauta é que nela figurem quatro elementos de mídia distintos. Para isso, temos de tomar alguns cuidados:

  1. Prepare a pauta antes, imaginando que partes de sua matéria mais se associam a um tipo de mídia.
  2. Não repita em várias mídias a mesma informação; complemente! Cada mídia deve ter sua razão de ser.
  3. Tome cuidado com violações de direito!
  4. SEO!
  5. Vá além do que já conhece!

Aqui vai uma lista de recursos multimídia que pode descobrir -- e verifique se existe um plug-in funcional e grátis para o Wordpress antes de investir muito na ferramenta! Elas mudam o tempo todo!

... se descobrir algo novo coloque aqui!

Prazo de entrega: Publicação até 17/11

MudançasEditar

Aviso: professor estará ausente em 28/10. Motivo: congresso.

Abra esta seção para ler sobre eventuais mudanças no plano de aula

Eventuais mudanças no plano de aula podem ocorrer:

  • em caso de convocação para participação em evento oficial da Faculdade Cásper Líbero;
  • para acomodar a participação de convidadas e convidados da disciplina; e
  • no contexto de situações extraordinárias, não previstas.

LinkEditar

Documento completo

AvaliaçãoEditar

Segundo semestreEditar

Avaliação no primeiro semestre

Primeiro semestreEditar

As atividades do primeiro semestre estão divididas em dois grandes blocos, aos quais é atribuído nota de igual peso. Assim:

  • haverá no semestre uma nota baseada na média de cada projeto realizado em sala de aula (redação hipertextual, comunicação computacional, perfil/retrato e scrapping/estatítica) e tarefas. Projetos têm peso 2, tarefas têm peso 1;
  • haverá no semestre uma nota baseada na realização do blog temático. A nota levará em conta a organização, consistência e regularidade das publicações no blog, além do uso de tecnologias de acordo com o esperado para a realização do trabalho.

BlogEditar

Instruções para definição de pauta e atividades do primeiro semestre
Pauta do blog temático
Primeira postagem do blog
  • até 29 de abril, é esperada a primeira postagem do blog. Instruções sobre a primeira postagem serão dadas em sala de aula.
  • o blog deve ser criado com wordpress, necessariamente. Quem estiver tendo a aula do Prof. Fabio de Paula deve usar a página desenvolvida com ele. Para quem não tiver tido a aula, pode realizar uma versão do wordpress simples, que depois será migrada. Para fazer um site no wordpress em cinco minutos: [4]
  • o endereço de seu blog deve impreterivelmente ser listado nesta tabela: Laboratório de Jornalismo Multimídia/Tabela. Não serão avaliados trabalhados que não estiverem aí listados -- pelo simples fato de que não haverá como os encontrar.
  • o uso de imagens no blog precisa ser feito com respeito aos direitos associados a imagens.
  • recomenda-se que use no blog uma licença livre, do tipo CC-BY-SA. De todo modo, a licença de conteúdo deve estar claramente exposta.
  • publique uma foto sua (opcional), na primeira postagem -- com respeito estrito ao direito de imagem.
  • escreva estritamente de acordo com a pauta aprovada em sala de aula.
  • a primeira postagem deve conter as seguintes informações, de acordo com o estilo que quiser adotar.
    • quem é você?
    • por que está criando um blog?
    • sobre o que vai postar?
    • a quem se destina o blog?
    • como seus leitores podem participar do blog?
    • quais são seus objetivos com respeito a esse blog?
Calendário de publicações
Data de publicação Tipo de postagem
29/4 Apresentação
13/5 Pauta livre
27/5 Pauta livre
10/6 Pauta livre
24/6 Pauta de dados
Expectativa

As pautas a serem realizadas devem necessariamente ocorrer na temática acordada na atividade em sala. A coerência de tema é um elemento fundamental para um blog como o que estamos realizando.

O que levarei em conta para a avaliação é:

  • cumprimento de prazo;
  • técnica jornalística;
  • hipertextualidade;
  • uso adequado de imagens (licenças); e
  • português.
Dicas para boas pautas
  • Escreva sobre assuntos que seus leitores não saibam.
  • Tenha um estilo atrativo.
  • Sempre faça hiperligações para referências eventualmente usadas.
  • Evite ter apenas uma fonte.
  • Explicitamente, e sem exagero, insira sua própria perspectiva.
  • Use fotografias e outras imagens de acordo com a lei.
Páginas para ficar de olho

Notas do primeiro semestreEditar

  • Acompanhe suas notas e avise-me se tiver cometido um erro. A responsabilidade desse acompanhamento é sua: Tabela de notas
  • Notas foram carregadas no sistema da Cásper em 26 de junho. Farei a entrega à secretaria de notas na sexta, 28/6. Quem tiver alguma dúvida, procure-me na quarta à noite, quinta à noite ou sexta de manhã. Boas férias.

Atividades obrigatóriasEditar

Lista de atividades obrigatórias

Rodrigo Tetsuo ArgentonEditar

 
Rodrigo Tetsuo Argenton

Em 29 de abril, vamos receber em sala de aula o fotógrafo Rodrigo Tesuo Argenton. Ele virá falar sobre fotografia com celular, carregamento em repositório livre e edição ágil de imagem. A vinda dele está conectada a nossa atividade com imagem na internet.

Rodrigo Tetsuo Argenton é um dos principais fotógrafos educacionais brasileiros. Atua principalmente no repositório livre chamado Wikimedia Commons. Participou em etapas de fotografia e educação de projetos com o Museu de Anatomia Veterinária da USP e a Matemateca da USP. Atualmente, realiza um trabalho no Museu de Geociências da USP. Abaixo, um galeria com alguns trabalhos dele.

Mariana ValenteEditar

 
Mariana Valente

Em 15 de abril, vamos receber em sala de aula a pesquisadora Mariana Valente. Ela virá falar sobre aspectos jurídicos da internet, em especial licenças. A partir da fala teremos um trabalho prático.

Mariana Valente é doutora e mestre em Sociologia Jurídica pela Faculdade de Direito da USP. Foi pesquisadora visitante na Universidade da Califórnia, Berkeley (2016-2017), e coordenou o Núcleo de Direito, Internet e Sociedade (NDIS-USP, 2015-2016). Foi professora da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (Direito Rio, 2013-2014), por seu Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS), no qual foi pesquisadora e consultora do projeto Acervos Digitais (2014-2016), e co-coordenou o projeto Open Business Models, sobre direitos autorais e música na era digital (2012-2014). Pela FGV, foi uma das coordenadoras legais do projeto Creative Commons Brasil, e atualmente é membra oficial e parte do conselho internacional desse projeto.

Desde 2008, é pesquisadora do Núcleo Direito e Democracia do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (NDD-Cebrap), pelo qual foi coautora de pesquisas do programa Pensando o Direito (SAL-MJ), nas áreas áreas de direitos das mulheres, processo legislativo e propriedade intelectual. Graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (2009), tem um Certificado em Direito Alemão pela Ludwig-Maximilians Universität, Munique (2007), e fez parte do programa Linkage, Universidade de Yale (2006) e da Summer School em propriedade intelectual pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI, 2011). Foi coordenadora jurídica do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP, 2010-2012), e coordenou o grupo Direitos Autorais do GT Arquivos de Museus e Pesquisa (Capes, 2011-2017).

É co-autora dos livros “O Corpo é o Código: estratégias jurídicas de enfrentamento ao revenge porn no Brasil” (InternetLab, 2016), “Da Rádio ao Streaming: ECAD, direito autoral e música no Brasil” (Azougue, 2016), e do “Manual de Direito Autoral para Museus, Arquivos e Bibliotecas” (FGV, 2017).

Resumo biográfico baseado em: http://www.internetlab.org.br/pt/equipe/cv/#mariana-giorgetti-valente (CC-BY-2.5)

Érica AzzelliniEditar

 
Érica Azzellini

Em 1 e 8 de abril, vamos receber em sala de aula a pesquisadora Érica Azzellini. Ela virá falar sobre Jornalismo Computacional e Wikidata. A partir da fala teremos uma série de trabalhos práticos.

Érica Azzellini é bolsista do Programa José Reis de Incentivo ao Jornalismo Científico (Mídia Ciência) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), no Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão em Neuromatemática (CEPID NeuroMat), localizado no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP), no qual desenvolve projeto acadêmico e empírico sobre as potencialidades do Jornalismo Computacional para a estruturação de narrativas de difusão científica no Wikidata - banco de dados aberto dos projetos Wikimedia. Durante o projeto, elaborou a ferramenta Mbabel para geração automática de rascunhos de verbetes na Wikipédia com base em dados do Wikidata.

Também realiza pesquisas com as temáticas de ciberfeminismo, gênero e tecnologia, participando de eventos e publicações relacionados ao tema. Formada em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero em 2017, realizou o trabalho de conclusão de curso Ciberfeminismo: A atuação de coletivos pela redução da disparidade de gênero na tecnologia sob orientação do professor Luis Mauro Sá Martino.

Érica é integrante do Grupo de Pesquisa Teorias e Processos da Comunicação, da Faculdade Cásper Líbero, do grupo de divulgação científica Via Saber e do Wiki Movimento Brasil.

Atividades sugeridasEditar

Lista de atividades sugeridas

Curadoria informacional e web semânticaEditar

O encontro "Curadoria informacional e web semântica" pretende compartilhar com pesquisadores e profissionais inovações em web semântica, robotização e crowdsourcing. Ocorre em 4 e 5 de abril de 2019, na Faculdade Cásper Líbero. Mais informações sobre o encontro estão disponíveis em: [5].

Trata-se de uma primeira tentativa de estabelecer sinergia entre a equipe responsável pelo Tainacan [6] e, pelos processos de wiki-difusão conhecidos como GLAM-Wiki no Brasil, o Wiki Movimento Brasil [7]

Para mais informações, ligue no Centro de Eventos da Faculdade Cásper Líbero: (11) 3170-5910 / 3170-5911.

Organização e apoio

Os responsáveis pelo encontro "Curadoria informacional e web semântica" são:

  • Dalton Lopes Martins, UnB
  • João Alexandre Peschanski, FCL/NeuroMat
  • Luciana Conrado Martins, UFG/Percebe

Instituições e entidades apoiadoras do evento são:

  • Wiki Movimento Brasil
  • CEPID NeuroMat / FAPESP
Programa
4 de abril de 2019, 9h-18h
Tópico Responsáveis Recursos de interesse
9h-10h45 Trajetórias nas convergências digitais: Tainacan e GLAM-Wiki
  • Dalton Martins, UnB
  • João Alexandre Peschanski, FCL/NeuroMat
10h45-11h Coffee break
11h-12h30 Desafios de pesquisa na estruturação e difusão de acervos digitais
  • Érica Azzellini, NeuroMat
  • Giovanna Fontenelle, NeuroMat
  • Joyce Siqueira, UFG
  • Luis Felipe Rosa de Oliveira, UnB
12h30-14h Almoço
14h-18h Grupos de trabalho
  • Éder Porto, NeuroMat
  • Leonardo Germani, UFG
5 de abril de 2019, 13h-18h
Tópico Responsáveis Recursos de interesse
13h-14h Perspectivas sobre a difusão digital de acervos: por que queremos trabalhar juntos
  • Luciana Conrado Martins, UFG
14h-15h Desafios de interoperabilidade e automatização na convergência Tainacan-GLAM-Wiki
  • Éder Porto, NeuroMat
  • Leonardo Germani, UFG
15h-15h15 Coffee break
15h15-18h Discussão livre sobre perspectivas de atuação conjunta
Política de espaço amigável

O evento é apoiado pelo Wiki Movimento Brasil e, por isso, é exigida a adesão à política de espaço amigável, tal qual descrita em: Friendly Space Policy (em inglês).

Artes+Feminismos na Lusofonia 2019Editar

Em 14 de março, das 14h às 18h, acontece na Cásper a maratona de edição "Artes+Feminismos na Lusofonia 2019". É uma excelente oportunidade para aprender a técnica de edição na Wikipédia e sobre os hiatos de conteúdo, no caso relacionado a gênero.

Artes+Feminismos na Lusofonia 2019 é uma campanha para melhorar o conteúdo sobre mulheres e feminismo na Wikipédia em português. A campanha faz parte de uma iniciativa global, a Art+Feminism, que ocorre no mesmo período, de cafés e associações locais aos maiores museus e universidades do mundo. A campanha também se insere no contexto da Visible Wiki Women, que tem como objetivo incluir imagens de personagens femininas nos projetos Wikimedia, especialmente a Wikipédia.

Por que focar especificamente em mulheres? Porque as mulheres representam menos de 10% dos editores na Wikipédia! Por esse motivo há uma tendência reconhecida a conteúdos sobre mulheres não receberem o devido destaque nesta que é uma das principais referências no mundo. O déficit de conteúdo sobre mulheres na Wikipédia é um grave problema e a campanha Artes+Feminismos na Lusofonia 2019 espera, com sua ajuda, contribuir para diminuí-lo.